Carta de Amor

Meus queridos filhos,

Eu ainda não conheço vocês, mas já os amo. Nunca olhei nos seus olhos, mas às vezes já sinto uma saudade de vocês, como se, de alguma forma, eu só esteja esperando para reencontrá-los. Vocês são um dos meus sonhos e muito do que faço hoje é para que eu esteja preparada para recebe-los no futuro.

Ultimamente venho pensando muito em vocês, pois ando preocupada.

Às vezes parece que quanto mais gente eu conheço, mais sozinha eu me sinto. Parece que as pessoas não conseguem sentir as coisas à sua volta. Parece que os relacionamentos acontecem por conveniência. Parece que ninguém está disposto a abrir mão do seu umbigo. Parece que ninguém se deixa ser vulnerável.

A impressão que me dá é que ninguém se importa. Que as pessoas entram em um marasmo cíclico e desistem; simplesmente acham que a vida é assim e ponto. E ultimamente ando tão apática que tenho medo de ter sido sugada por esse buraco negro da conformidade.

Afeto parece ter se tornado o próximo item em extinção da face da terra. As pessoas parecem não saber como agir quando se deparam com uma demonstração de zelo e carinho. E como é que eu me encaixo em um mundo assim? Eu, que sinto tudo com 120% de intensidade; que tenho necessidade de expressar o que brota do meu peito, principalmente se o sentimento é puro e bom.

Alguns podem achar que sofro mais por ser assim. Talvez estejam certos, mas posso garantir que amo mais também e isso compensa o sofrimento. O amor é a única “coisa” que nos iguala como seres humanos. Independente de religião, raça, classe social: todo mundo ama alguma vez na vida.

Por isso, meus filhos, amem de corpo e alma. Seja o seu cachorro, a sua professora ou a lua. Demonstrem afeto e vocês receberão em troca. Caso contrário, simplesmente tenham a certeza de que, no final, quem perde é aquele que não sabe retribuir, pois não se permite amar, com medo da dor da perda ou da rejeição. Amem, no entanto, acima de tudo e de todos, o reflexo no espelho. E nunca abram mão desse amor, pois é ele que nos move e nos permite amar todo o resto.

O amor é poderoso. Ele transforma, multiplica-se e dissemina-se rapidamente. Eu acredito no poder transformador que ele tem e pretendo provar isso. Vou ensiná-los a amarrar os sapatos, a comer de boca fechada e a decorar a tabuada do 6; mas a minha maior missão é ajuda-los a serem pessoas amáveis, generosas e boas. Nós, eu e vocês, provavelmente não conseguiremos mudar o mundo inteiro, mas, com certeza, mudaremos o mundo à nossa volta.

Nunca esqueçam que vocês têm o meu amor para sempre, desde já.

Um beijo,

Mãe.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Carta de Amor

  1. Como sempre muito maravilhoso,tens o dom da expressão,se não gostar da contabilidade um dia,escreva ,pois o faz muito bem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s